• ministeriovidacwb

A justiça que provém de Deus




Portanto, ninguém será declarado justo diante dele baseando-se na obediência à Lei, pois é mediante a Lei que nos tornamos plenamente conscientes do pecado. Mas agora se manifestou uma justiça que provém de Deus, independente da Lei, da qual testemunham a Lei e os Profetas, justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo para todos os que creem. Não há distinção, pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus. Romanos 3:20-24 NVI


Esse texto é bem explicativo quando tratamos sobre a Lei de Moisés e o Evangelho. Essas escrituras deixam bem claro que ninguém será declarado justo diante de Deus tendo como base a obediência à Lei. No versículo 23 entendemos que todo ser humano pecou, pois recebeu a herança da natureza caída de Adão. Se todos pecaram, todos precisam de salvação. Essa completa salvação, que inclui nossa justificação, ou seja, o ato de Deus de nos tornar aceitáveis a Ele, só é possível por meio da fé em Jesus Cristo. Ninguém pode ser salvo, ninguém pode ser justificado, ninguém pode ser feito uma nova criação se não for pela fé em Cristo Jesus.


Como crentes em Jesus nós precisamos entender que toda nossa vida é pela fé, que o presente da salvação não inclui mérito nosso. Sabemos que por não estarmos debaixo da Lei de Moisés, não significa que estamos isentos de obediência. A fé em Cristo nos conduz para uma vida de obediência por meio do Espírito. Guarde seu coração em Deus e saiba que em tudo você depende de Cristo, conforme Jesus disse em João 15:5 “Sem mim vocês não podem fazer coisa alguma”. Não pense que você pode viver para a glória de Deus confiando nos seus méritos. Deposite toda sua confiança em Cristo e em Sua Palavra, permita-se ser conduzido pelo Espírito Santo que habita em você e viva a plenitude da graça de Deus.


Katiany Lins – Ministério Vida