• ministeriovidacwb

A loucura da fé



Pois eu também sou homem sujeito à autoridade e com soldados sob o meu comando. Digo a um: Vá, e ele vai; e a outro: Venha, e ele vem. Digo a meu servo: Faça isto, e ele faz”. Respondeu o centurião: “Senhor, não mereço receber-te debaixo do meu teto. Mas dize apenas uma palavra, e o meu servo será curado. Mateus 8:8-9

Sempre fico impressionada e impactada com a fé do centurião romano. Para início de assunto, ele não era Judeu e sim gentio, um soldado romano, mas olha a fé desse homem. Ele tinha em casa um servo paralítico em terrível sofrimento, ele pede ajuda a Jesus e Jesus diz que vai até à casa dele, mas ele reconhecendo que não era digno, diz a Jesus que Ele poderia dizer apenas uma Palavra que seu servo seria salvo. Ele deu o próprio exemplo, ele disse que ele também era homem sujeito a autoridade, se ele dissesse a um servo vá, este iria, se ele dissesse venha este viria, ele quis dizer que os servos dele estavam sob o comando da voz dele, das ordens dele. E com essa comparação ele está dizendo que ele sabe que os demônios, as doenças e qualquer mal estavam sob o domínio de Jesus, ou seja, se Jesus dissesse a um demônio que ele tem que sair, Jesus nem precisaria tocar na pessoa ou ir até à pessoa, era só pronunciar sai e este sairia, ainda que estivessem a quilômetros de distância. Olha que coisa extraordinária, aquele centurião, tinha uma fé fora do comum, ele sabia que uma palavra pronunciada por Jesus resolveria qualquer problema.

Em João 14:12 diz que se nós crermos faríamos as mesmas obras de Jesus e obras ainda maiores. Já entendeu onde quero chegar? Se eu e você crermos poderemos fazer o que Jesus fazia e ainda além. Imagine isso: você mora em Curitiba PR, e alguém te liga do Rio de Janeiro, são cerca de 900 km de distância, a pessoa na linha lhe pede para orar por uma moça que está doente e à beira da morte, você diz que vai até lá para impor as mãos sobre a jovem, mas a pessoa na linha lhe diz: não precisa vir, eu creio no poder do nome de Jesus, apenas ore daí e ela será curada aqui. Ual, eu não sei quanto a você, mas eu quero isso para minha vida. Quero a fé para crer como ela creu e quero a fé para declarar a cura, mesmo sem impor as mãos na pessoa e ela ficar curada.

Infelizmente nós nos acostumamos com uma fé calculada, do tipo: isso aconteceu por causa disso ou daquilo outro e por aí vai. Eu quero é ressuscitar o morto no meio de um velório, quero ver dinheiro cair do teto quando preciso de provisão, quero ver, e essa eu já vi, uma pedra grande e pontuda ser expelida do rim, sem dor alguma após uma oração, eu quero viver a loucura da fé.

Amados, Deus ainda é o mesmo, Ele não mudou. Que possamos desejar ardentemente viver o sobrenatural de Deus! Em nome de Jesus!

Carina Ramos - Ministério Vida