• ministeriovidacwb

A loucura da fé





Calebe tentou acalmar o povo que estava diante de Moisés. “Vamos partir agora mesmo para tomar a terra!”, disse ele. “Com certeza podemos conquistá-la!” Mas os outros homens que tinham feito com ele o reconhecimento da terra discordaram: “Não podemos enfrentá-los! São mais fortes que nós!”. Números 13:30 - 31 NVT


Olha que coisa interessante. Os espias foram inspecionar a terra de Canaã, todos eles viram as mesmas coisas, viram gigantes, viram um povo forte, cidades fortificadas, viram uma terra fértil, que verdadeiramente mana leite e mel. Mas a impressão que tiveram da terra não foi unânime em um mesmo parecer. A maioria deles focou naquilo que não era bom e acharam que seriam incapazes de conquistar aquela terra. Apenas dois deles focaram nas coisas boas e nas promessas de Deus.


No que você tem focado sua atenção? Nas promessas de Deus ou nas circunstâncias desfavoráveis à sua volta? Será que somos como a maioria que olha para os problemas e se põe a chorar, ou somos como Josué e Calebe que veem no problema uma oportunidade de glorificar o nome de Deus?


Imagine que você está para comprar um sítio. Daí você olha e vê um lindo campo florido, muitas frutas e flores e riachos. Mas no meio dele tem um ninho de cobras. O que você diria aos outros quando lhe perguntassem sobre o sítio? É um bom sítio, mas não posso comprá-lo pois tem ninhos de cobras lá. Ou, é um bom sítio vou comprá-lo e também vou comprar veneno para matar umas cobrinhas que estão lá.


Amados, a multidão de pessoas que ouviu o relato dos espias preferiu focar nos problemas e não conquistaram a terra. Terra esta, que Deus já havia prometido a eles, daqueles que foram espiar a terra apenas Josué e Calebe entraram nela, pois eles tinham convicção de que a conquistariam. Você tem convicção do seu milagre? Ou será que olha apenas para os problemas? Fé é a convicção daquilo que esperamos. Tire seus olhos por um minuto das circunstâncias e foque naquilo que Deus lhe prometeu. Deus prometeu a Abraão que abençoaria sua descendência por meio de Isaque, e Abraão tinha tanta convicção disso que quando Deus pediu que o sacrificasse, ele não negou, não se desesperou e muito menos se preocupou e disse aos seus servos: eu e o rapaz vamos adorar e já voltaremos. Ele sabia que voltaria com Isaque. Ainda que ele morresse, Deus o ressuscitaria. Isso é a loucura da fé, certeza, convicção de que aquilo que Deus falou vai acontecer e ponto final.


Que possamos olhar para a promessa e não para as circunstâncias contrárias. Eu oro para que Deus nos ajude a crer da maneira certa, com convicção e não apenas da boca para fora, oro para que eu e você possamos ousar crer, que essa loucura chamada fé transborde em nós e através de nós, em nome de Jesus.


Carina Ramos - Ministério Vida