• ministeriovidacwb

Continuem a viver pela fé



Portanto, assim como vocês receberam Cristo Jesus, o Senhor, continuem a viver nele, enraizados e edificados nele, firmados na fé, como foram ensinados, transbordando de gratidão. Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo. Pois em Cristo habita corporalmente toda a plenitude da divindade, e, por estarem nele, que é o Cabeça de todo poder e autoridade, vocês receberam a plenitude. Colossenses 2:6-10 NVI


Essas escrituras são extraordinárias! Perceba que está escrito: “ASSIM COMO vocês receberam Cristo Jesus, o Senhor, continuem a viver nele”. E como nós recebemos a Cristo Jesus? Pela fé.


Talvez um dos maiores desafios de nossa jornada cristã seja viver de fato pela fé. Alguém pode dizer: “Como assim Katiany? Todo cristão vive pela fé!” Será?! Veja que o texto nos ensina que do mesmo jeito que nós recebemos a Cristo Jesus, nós devemos viver nele, enraizados e edificados nele, firmados na fé. E o que se segue é um alerta para não sermos escravizados por filosofias vazias e enganosas que se fundamentam em tradições meramente humanas e nos princípios elementares desse mundo e não em Cristo.


Podemos resumir as características do mundo (a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens descritos em 1 João 2:16) em:


1) Egoísmo: preocupar-se apenas com a satisfação própria.

2) Meritocracia: confiar na capacidade própria (na carne) para conquistar o que deseja.

3) Orgulho: vangloriar-se de si mesmo e de suas conquistas.


Essa é a estrutura mental que governa o mundo e é sobre isso que o apóstolo Paulo está falando quando escreve para os irmãos tomarem cuidado e não se deixarem escravizar por ensinos que tem essas características. Viver pela fé é andar em descanso a partir de uma obra que já está consumada. Todo ensino que enfatiza a justiça própria e o fazer para conquistar, não está baseado na fé. O Evangelho é sobre receber e não sobre conquistar. Que o Senhor ilumine os olhos do nosso coração para compreendermos a plenitude da graça de Deus e para vivermos essa plenitude, que só pode ser vivida pela fé.


Katiany Lins – Ministério Vida