• ministeriovidacwb

Deus não faz acepção de pessoas


E esse não foi o único caso; também os filhos de Rebeca tiveram um mesmo pai, nosso pai Isaque. Todavia, antes que os gêmeos nascessem ou fizessem qualquer coisa boa ou má—a fim de que o propósito de Deus conforme a eleição permanecesse, não por obras, mas por aquele que chama—, foi dito a ela: “O mais velho servirá ao mais novo”. Como está escrito: “Amei Jacó, mas rejeitei Esaú”. Romanos 9:10-13 NVI


Todas às vezes que eu lia esses versículos eu ficava inquieta com essa declaração: “a fim de que o propósito de Deus conforme a eleição permanecesse”.


Quando falamos em eleição, pode vir à nossa mente que então Deus escolhe alguns e rejeita outros a seu bel-prazer, porque Ele é soberano e pronto. Mas em outros textos encontramos verdades que dizem que Deus não faz acepção de pessoas (Atos 10:34; Romanos 2:11) e que o desejo Dele é que todos sejam salvos (1 Timóteo 2:4). A Bíblia está repleta de escrituras que falam sobre eleição, escolha, chamado... Mas Deus não é um louco que simplesmente escolhe alguns e rejeita a outros debaixo de parcialidade. Ao lermos o texto a seguir, podemos compreender claramente sobre eleição, veja:


Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos eleitos de Deus, peregrinos dispersos no Ponto, na Galácia, na Capadócia, na província da Ásia e na Bitínia, escolhidos de acordo com o pré-conhecimento de Deus Pai, pela obra santificadora do Espírito, para a obediência a Jesus Cristo e a aspersão do seu sangue: Graça e paz lhes sejam multiplicadas. 1 Pedro 1:1-2 NVI


Está escrito: “escolhidos de acordo com o pré-conhecimento de Deus Pai”. Portanto, a eleição não está baseada na acepção de pessoas, mas no pré-conhecimento de Deus. O Senhor é onisciente e conhece todas as coisas. Deus não é parcial, Ele não faz acepção de pessoas. Ele deu poder de escolha para todo ser humano, e desde sempre Ele conhece muito bem quem o aceitará e quem o rejeitará, quem permanecerá e quem o deixará. Toda escolha que Deus faz não é fundamentada em acepção, mas no seu pré-conhecimento.


Katiany Lins – Ministério Vida