• ministeriovidacwb

Falar com eloquência não prova que alguém procede de Deus


Irmãos, quando estive com vocês, anunciando-lhes o mistério de Deus, não o fiz com ostentação de linguagem ou de sabedoria. Porque decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado. E foi em fraqueza, temor e grande tremor que eu estive entre vocês. A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a fé que vocês têm não se apoiasse em sabedoria humana, mas no poder de Deus. 1Coríntios 2:1‭-‬5 NAA

Olha que palavra incrível. Paulo deixa bem claro que ele anunciou o evangelho sem ostentação de linguagem, ou seja, pregou sobre Cristo numa linguagem simples e acessível a todos. Ele relata que em fraqueza, temor e tremor é que levava a palavra. Ele não utilizava palavras de sabedoria humana e sim demonstração do Espírito Santo e do poder de Deus. E isso para que a fé de quem ouvisse fosse baseada no poder do Senhor e não na sabedoria, conhecimento e eloquência que vem do ser humano. Vejo muitos amados irmãos usando da sabedoria humana e da eloquência das palavras para pregar de forma culta, mas e daí? Será que demonstram o poder de Deus ou apenas seus conhecimentos? Será que levam a Palavra com amor, humildade, dependência de Deus ou será que querem apenas aparecer?

O orgulho já derrubou um grande anjo de luz, hoje conhecido como satanás, e este mesmo orgulho tem entrado e dominado a vida de muitos ministros do evangelho. Enquanto não entendermos que não é nada sobre nós e sim sobre Cristo, continuaremos a ser dominados pela velha natureza, que pela lógica deveria estar morta. Enquanto não nos dermos conta de que vivemos por meio de Cristo, vamos achar que se trata de nós e da nossa capacidade de fazer e acontecer.

Amados, rendam-se ao Senhor. Que Ele cresça e eu diminua.

Muitos amados da graça não curtem esse versículo porque se acham poderosos demais e não podem tolerar que sejam menores que Deus. Acaso o filho é maior que o Pai? Acaso a criatura é maior que o Criador? Deus nos ama sim, e nos chama de filhos e amigos. Mas não queira tomar o lugar Dele...Lúcifer já tentou isso, e vejam o resultado. Cresçam no pleno conhecimento de Cristo Jesus e vocês saberão exatamente quem são no Reino.

Carina Ramos - Ministério Vida