• ministeriovidacwb

Mantendo viva a expectativa do arrebatamento




Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que estivermos vivos, seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre. Consolem-se uns aos outros com essas palavras. 1 Tessalonicenses 4:16-18 NVI


Nós vimos o quanto a igreja de Tessalônica estava firmada na fé e no amor. Paulo os elogiou por estarem firmes em Cristo Jesus. Mas havia um assunto que os irmãos não tinham entendido muito bem e por isso Paulo escreveu tanto a primeira quanto a segunda carta aos tessalonicenses. O assunto era sobre a vinda do Senhor Jesus. No capítulo 4 e 5 da primeira carta, o apóstolo Paulo deixa claro como seria a vinda de Jesus para os cristãos. No início do capítulo 4 ele fala para os irmãos se manterem em santidade, abandonarem todo tipo de imoralidade e trabalharem, cuidando dos seus próprios negócios. Ele precisou falar isso, porque alguns estavam distorcendo a mensagem da vinda de Cristo, dizendo que se Jesus iria voltar, então eles não precisavam mais trabalhar, era só aguardar a volta de Jesus. Outros estavam distorcendo a ponto de dizerem que os mortos não teriam participação na vinda de Cristo, e os crentes que tinham amigos ou familiares que haviam morrido em Cristo estavam tristes por causa disso, como se a vinda de Jesus fosse benéfica apenas para quem estivesse vivo naquele momento. Então o apóstolo Paulo explica sobre essas questões e escreve os versículos que lemos acima.


O arrebatamento é para todo cristão, seja aqueles que já morreram ou os que estiverem vivos, todos serão arrebatados para o encontro com o Senhor nos ares e estaremos para sempre com Jesus. Essa é uma mensagem de ânimo e esperança, por isso o apóstolo Paulo termina o capítulo 4 com essa frase: Consolem-se uns aos outros com essas palavras.


Que eu e você mantenhamos viva a expectativa do arrebatamento, pois essa verdade nos traz esperança e ânimo, é o dia em que receberemos nosso corpo glorificado e estaremos para sempre com o Senhor.


Katiany Lins – Ministério Vida