• ministeriovidacwb

Não estamos mais debaixo do tutor




Qual era então o propósito da Lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até que viesse o Descendente a quem se referia a promessa. Assim, a Lei foi o nosso tutor até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé. Agora, porém, tendo chegado a fé, já não estamos mais sob o controle do tutor. Gálatas 3:19a,24-25 NVI


Muitas vezes, os cristãos tem dificuldade de compreender a atuação de Deus no antigo testamento e no novo testamento, como se fossem “Deuses” diferentes. Esse fato se dá pela falta de compreensão sobre o propósito da Lei. Deus não entregou a Lei com o objetivo de dar vida ao seu povo, pelo contrário, a Lei foi promulgada por causa das transgressões, para que ficasse bem claro que o homem precisava de um redentor. A Lei serviu como um tutor, até que viesse Cristo. Você sabe o que é um tutor?


Tutor: Um guardião, aquele que protege, um guia para aqueles que ainda não atingiram a maioridade.


A Lei colocou limites para proteger o ser humano, que era prisioneiro de uma natureza corrupta. A Lei não teve poder de dar vida para aqueles que a obedeciam, apenas era um guia para conduzir o ser humano até Cristo, tinha o intuito de proteger o ser humano das aberrações as quais a natureza pecaminosa e governada pelo império das trevas estava sujeita. Por isso a Lei dizia: obedeça isso e viverá, desobedeça e morrerá. Obedeça e será abençoado, desobedeça e será amaldiçoado. A Lei era apenas um tutor, colocava limites. Mas agora que veio Cristo, nós não estamos mais debaixo desse tutor, porque em Cristo nós somos libertos da natureza pecaminosa e recebemos uma NOVA VIDA, completamente livre do domínio do pecado. Em Cristo a velha natureza foi crucificada, e nós precisamos considerar essa verdade e tomar posse dela pela fé, para que de fato vivamos a liberdade da vida dos filhos de Deus. A nova vida não precisa do tutor, pois a nova vida está unida à vida de Cristo. O cristão não precisa de regras externas para viver, o que ele precisa é aprender a viver pelo Espírito. A vida genuína do cristão flui de dentro para fora e não de fora para dentro.


Katiany Lins – Ministério Vida