• ministeriovidacwb

O amor é a lei




Toda a lei se resume num só mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo". Mas se vocês se mordem e se devoram uns aos outros, cuidado para não se destruírem mutuamente. Gálatas 5:14-15 NVI


Toda a lei se resume num só mandamento: "Ame o seu próximo como a si mesmo". Não sei quantas mil vezes ainda terei que escrever sobre isso, mas escreverei tantas quanto forem necessárias, até que todos os nossos amados irmãos compreendam. Vejo muitas pessoas tentando com todas as forças cumprir certas leis, certos regulamentos, fazendo sacrifícios, juramentos e propósitos mil, achando que com isso estão de fato agradando a Deus. Mas na hora de amar ao próximo querem amar só aquele que lhe apraz amar, ou muitas das vezes amam só até certo ponto, ou quando convém. Precisamos entender de uma vez por todas que toda lei se resume em amar, porque Deus é amor. Ah Carina então vamos viver sem regras? Não, de forma alguma, mas quem ama obedece por prazer e não por imposição, medo ou para conquistar algo de Deus, como se Ele já não tivesse nos dado tudo. O novo testamento é cheio de regras, se formos observar bem, cheio de instruções e lotado de exortações, mas quando entendemos o amor e somos alcançados pelo amor, todo o resto flui naturalmente.


Eu não furto porque a regra diz não furtes e sim por amar a Deus e ao meu próximo, de maneira que furtar não faz parte da minha natureza em Cristo. Eu não guardo um único dia para Deus, todos os meus dias são vividos na presença Dele. Entende a diferença? Eu não oro para buscar poder de Deus para certa situação, eu oro porque isso é parte fundamental do meu relacionamento diário e normal com Deus.


Deus não é uma pessoa que eu chamo vez ou outra para ter um papo, Ele é alguém presente em todos os momentos e eu falo com Ele o tempo todo, até mesmo sentada em meu vaso sanitário. Isso é relacionamento.


O amor é a lei, mas se vocês se mordem e se devoram uns aos outros, cuidado para não se destruírem mutuamente. É muito triste ver o quanto cristãos ofendem outros cristãos por conta de diferenças de pensamento. Isso está muito longe de ser amor. Precisamos pedir a Deus que nos inunde com seu amor, que nos inunde Dele mesmo, pois Ele é o próprio amor.


Carina Ramos – Ministério Vida