• ministeriovidacwb

O amor ao dinheiro nos desvia da fé



Pois o amor ao dinheiro é a raiz de todo mal. E alguns, por tanto desejarem dinheiro, desviaram-se da fé e afligiram a si mesmos com muitos sofrimentos. 1 Timóteo 6:10


A expressão amor ao dinheiro no original grego significa avareza.


Avareza: qualidade ou característica de quem tem apego excessivo ao dinheiro, às riquezas, falta de generosidade; mesquinharia.


Veja que avareza tanto é apego excessivo ao dinheiro, quanto falta de generosidade. A Palavra nos diz que essa atitude é a raiz de todo mal, e todo aqui é a palavra grega “pás”, que significa literalmente tudo. E alguns, por tanto desejarem dinheiro, desviaram-se da fé e afligiram a si mesmos com muitos sofrimentos. A expressão afligir a si mesmo, περιπειρω peripeiro, seria metaforicamente, torturar a própria alma com tristezas.


Em resumo, quem vive a buscar lucros em tudo, ou não consegue exercer generosidade está fadado a ter uma vida atormentada. É essa a vida que desejamos?


Amados, a expressão “dinheiro não traz felicidade”, é a mais pura verdade, o dinheiro é apenas algo que precisamos para nos manter neste mundo, por mais que você acumule dinheiro aqui, não levará ele para o céu, na verdade, o amor a ele pode te levar ao inferno. Alguns têm se desviado da fé verdadeira por conta da ganância, outros vivem uma religiosidade vazia, e muitos já se perderam e nem se deram conta. Podemos desejar ter coisas aqui na terra, isso não é pecado, mas quando vira uma obsessão ou ultrapassa os limites, corremos sérios riscos de nos perdermos.


Minha oração é para que meus amados irmãos busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça e saiba que as demais coisas Deus lhes suprirá.


Carina Ramos – Ministério Vida