• ministeriovidacwb

O campo dos pensamentos



"Porque, como imagina em sua alma, assim ele é..." Pv 23:7a

Acredito que a maioria de nós luta com pensamentos contraditórios ao que a Palavra diz. Pensamentos de medo, incapacidade, ansiedade, preocupações, insegurança e por aí vai. Alguns fantasiam coisas das quais nem gostariam de viver, pois sabem que aquilo não é o certo para suas vidas. Muitos vivem em dois mundos, o real e o da sua imaginação. É extremamente perigoso deixarmos a nossa mente livre para pensar o que bem entender. Por isso a palavra diz que devemos levar todo pensamento cativo a Deus (2° Co 10.5).

E também nos instrui sobre o que devemos pensar (Fp 4.8). Porque aquilo em que mais pensamos é o que atraímos para nós. Se penso que sou um miserável pecador, passarei a vida lutando de pecado em pecado, se penso que sou extraordinário demais, desenvolvo a arrogância e menosprezo os outros. Se penso na mulher ou homem do próximo, logo cairei em adultério. Se me imagino pecando, sou dominado por aquilo que imagino e a prática é a consequência do pensamento. Se passo horas pensando em problemas, logo desenvolverei uma síndrome de ansiedade e por aí vai. Não podemos de maneira alguma deixar nossa mente pensar o que quiser, liberdade mesmo só em Cristo Jesus.

Não espere pensar coisas boas naturalmente a princípio, pois no início não é natural, pense no que é bom de propósito, com o tempo e o crescimento em Cristo, os bons pensamentos serão naturais, mas no princípio é um exercício. Muitos perdem as maiores batalhas no campo dos pensamentos, pois não aprenderam a cuidar da mente à luz da palavra de Deus. A boca fala daquilo que está cheio o coração, então precisamos encher nosso coração, mente, de coisas boas. Se tudo que você assiste é futebol, novela e noticiários, não espere ter bons pensamentos. Se tudo que você ouve são músicas que não louvam a Deus, ou as insanidades que as pessoas falam por aí, não espere produzir bons pensamentos disso. Se você plantar uma semente de feijão, é feijão que vai nascer, muitos plantam feijões e querem colher morangos, isso não funciona.

Se me alimento mal, logo apresentarei uma enfermidade seja física ou emocional. Por isso a importância vital de cuidarmos do campo dos nossos pensamentos, preciso adubar esse campo, regá-lo, plantar boas sementes, regar mais um pouco, tirar as evas daninhas que se infiltram no campo, observar o tempo de crescimento da semente, o que essa plantinha precisa para melhor se desenvolver e por ai vá, e é exatamente assim com nossa mente. Ela precisa ser cuidada, bem alimentada. Regada, fertilizada com a Palavra, preciso expulsar em nome de Jesus os pensamentos contrários a Palavra de Deus. No início, como já mencionei acima, parecerá uma tarefa árdua, como toda plantação é, mas quando você começar a ver os primeiros frutos, ainda mais se forem morangos, eu amo morangos rsrs, certamente você pensará no quanto valeu a pena submeter seus pensamentos ao governo de Cristo Jesus.

Carina Ramos – Ministério Vida