• ministeriovidacwb

O poder da Palavra de Deus - Dia 2




Não torne a Palavra infrutífera


Porém, quando chegam as preocupações da vida diária, a sedução da riqueza e todas as demais ambições, agridem e sufocam a Palavra, tornando-a infrutífera. Marcos 4:19 KJA


Se pela transgressão de um só a morte reinou por meio dele, muito mais aqueles que recebem de Deus a imensa provisão da graça e a dádiva da justiça reinarão em vida por meio de um único homem, Jesus Cristo. Romanos 5:17 NVI


Na parábola do semeador, contada por Jesus, Ele relata que algumas pessoas ouvem a Palavra, mas quando se deparam com as preocupações do dia a dia e a sedução das riquezas (que é a ganância, avareza e ambição), se perdem, agredindo e sufocando a Palavra recebida e esta se torna infrutífera.


A palavra infrutífera no grego (ακαρπος akarpos) significa: sem fruto, estéril, sem produzir o que deve produzir.


Duas coisas bem claras relatadas por Jesus tornam a Palavra infrutífera em nossa Vida.


1) Avidez por lucro, dinheiro fácil, ambição, ganância, avareza.

2) Preocupações do dia a dia.


Todos já nos sentimos tentados a viver assim e muitos amados irmãos estão assim nesse momento, mas não se dão conta. Quando minha preocupação é maior que minha fé então estou fora da Palavra de Deus. Algumas pessoas não satisfeitas em preocupar-se com suas vidas, também se preocupam com a vida dos outros. Pais preocupados com filhos, filhos com pais e por aí vai. Qualquer espécie de preocupação está em desacordo com a Palavra de Deus. Se nos preocupamos tornamos a Palavra infrutífera, ou seja, ela não produz em nós, para nós e através de nós o que deveria produzir. Por isso muitas vezes vivemos, mas não desfrutamos dos benefícios descritos na Palavra.


A questão relacionada ao dinheiro, que também torna a Palavra infrutífera, tem sido uma desgraça no meio cristão. Nós pensamos que somos nós que nos sustentamos, mas sem Deus nada podemos fazer. Muitos estão ávidos por ter cada vez mais. Um carro já não basta, querem dois, uma moto é pouco, querem duas, três mil de salário é pouco, querem oito mil. Querem o celular da hora, a TV do momento, a roupa da marca tal... Não sabem esperar em Deus, buscam por si mesmos suas fontes de lucro e com isso tornam a Palavra infrutífera em suas vidas. Outros são avarentos, com uma falsa humildade dão cestas básicas aos pobres, mas são incapazes de cumprir a Palavra que diz:


Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé. Gálatas 6:10 NVI


Amados, ouçam a Palavra e concordem com ela, aceitem-na como verdade absoluta, para que assim possam desfrutar da imensa provisão da graça e a dádiva da justiça.


Carina Ramos - Ministério Vida