• ministeriovidacwb

Papéis fundamentais do Diabo



O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que ENGANA O MUNDO TODO. Ele e os seus anjos foram lançados à terra. Então ouvi uma forte voz dos céus, que dizia: “Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o ACUSADOR DOS NOSSOS IRMÃOS, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite. Apocalipse 12:9-10 NVI


Perceba que esses dois versículos nos mostram os dois papéis fundamentais do Diabo:


1) Enganar o mundo

2) Acusar os cristãos


O Diabo é o inimigo dos filhos de Deus e ele age contra nós dessas duas formas: enganando o mundo e nos acusando.


A palavra “enganador” (em outras versões diz sedutor) no original grego é πλαναω planao e significa:


· fazer algo ou alguém se desviar, desviar do caminho reto, perder-se, vagar, perambular

· desencaminhar da verdade, conduzir ao erro, enganar, ser induzido ao erro, ser desviado do caminho de virtude, perder-se, pecar, desviar-se ou afastar-se da verdade

· de heréticos: ser conduzido ao erro e pecado


Essa palavra tem sua raiz em πλανη plane, que significa:


· desvio, ato de vaguear por, alguém desviado do caminho direito, perambular para cá e para lá

· desvio mental, erro, opinião errada em relação à moral ou à religião, erro que se mostra em ação, modo errado de agir, aquilo que induz ao erro, engano ou fraude


A partir desses significados podemos ver que a principal atividade do Diabo é enganar o ser humano, desviá-lo do caminho certo, conduzir o ser humano ao erro, ao engano. Achei interessante que um dos significados da palavra “plane” é desvio mental. O Diabo atua na mente do ser humano, enganando-o com pensamentos e estruturas mentais fraudulentas, baseados no pecado e na mentira. O engano não é apenas de forma a conduzir o homem para práticas pecaminosas explícitas, mas também, enganando-o com falsas religiões, falsos ensinamentos, filosofias que parecem verdadeiras, mas não são. Muitos desses enganos são intitulados “cristãos”, pois assim o Diabo consegue atingir um maior número de pessoas, alguns ele conduz para uma vida explícita de práticas pecaminosas, outros ele conduz para uma falsa religião que nada tem a ver com a Verdade e ainda outros ele engana usando o nome de “ensino cristão”, mas que não crê na suficiência de Cristo Jesus. Veja o que a Palavra nos ensina:


Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; ao contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo. 2 Coríntios 10:3-5 NVI


A base dos enganos são argumentos e pretensões que se levantam contra o conhecimento de Deus. Isso acontece quando Cristo é tirado do centro e o homem é colocado em seu lugar. Seja rejeitando completamente Cristo Jesus e assumindo uma vida libertina, seja colocando um falso deus no lugar de Cristo Jesus ou colocando a capacidade humana no lugar do poder de Deus, é aqui que se encontram a os falsos evangelhos que eliminam a graça de Deus e estabelecem a justiça humana, como se o homem fosse capaz de salvar a si mesmo com suas práticas religiosas.


Satanás engana o mundo, e usa dessas mentiras para tentar enredar os cristãos. Como podemos vencer o engano de Satanás? Usando as armas corretas, que são poderosas em Deus para destruir fortalezas. A Bíblia nos ensina quais são essas armas, algumas delas são as seguintes:


· Palavra de Deus

· Fé na suficiência de Cristo Jesus

· Oração e louvor a Deus


Perceba que são armas que conduzem os nossos pensamentos a Deus, como lemos no texto de 2 Coríntios, devemos levar nossos pensamentos cativos a Cristo e torná-los obedientes a Ele. Tem um ditado popular que diz que mente vazia é oficina do diabo, e esse ditado não deixa de estar correto.


Amados, não existe neutralidade no reino espiritual, ou nós pensamos conforme a verdade de Deus ou pensamos conforme as mentiras e enganos do Diabo. Não existe pensamento neutro. Veja que a atuação principal do inimigo contra os filhos de Deus é ACUSÁ-LOS, ou seja, é lançar pensamentos de culpa e condenação. Isso inclui medo, insegurança, incredulidade... Mas a Palavra nos garante que o amor perfeito expulsa todo o medo e que nós não recebemos um espírito de medo, mas de poder, amor e equilíbrio. Conduza sua mente de forma intencional para as verdades de Deus, use as armas que são poderosas para destruir fortalezas, medite na Palavra de Deus, ore, louve ao Senhor e creia na suficiência da obra de Cristo Jesus por você. O Espírito Santo é poderoso para te ajudar nisso, se você se sente culpado, parece que sua fé está fraca, eu te encorajo a tirar os olhos de si mesmo e olhar para Cristo Jesus, pois Ele mesmo é o autor e consumador da nossa fé, encha-se de Cristo, pois é Nele que você é mais do que vencedor. O Diabo tenta oprimir os filhos de Deus com todo tipo de acusação, mas está escrito que Jesus veio para destruir as obras do Diabo, e sabemos que Ele destruiu. Quanto mais o tempo passa, mais perto do fim dos tempos nós ficamos, e o Diabo sabe que seu tempo está acabando, que a sua destruição está cada dia mais próxima e ele tenta de todas as maneiras enredar os filhos de Deus, para que Cristo não seja manifestado através de nós. Amados, eu encorajo você a não ceder às tentativas de Satanás contra sua vida, ele já foi exposto à vergonha pública na cruz do calvário, maior é Aquele que está em nós do que aquele que está no mundo. Em Cristo Jesus nós somos mais que vencedores e em Cristo Jesus o Senhor nos conduz em triunfo. Mas lembre-se que é EM CRISTO JESUS, fora de Cristo não há vida, fora Dele não há salvação, fora Dele não há vitória, fora Dele não há triunfo. Alimente sua fé na suficiência de Cristo Jesus, a fé vem por ouvir e ouvir a mensagem de Cristo. Pense de propósito em tudo que é bom, perfeito, agradável, que é verdadeiro, porque a mentalidade da carne conduz a morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz.


Katiany Lins – Ministério Vida