• ministeriovidacwb

Perdoando como Deus perdoou




Quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que seu Pai no céu também perdoe seus pecados. Mas, se vocês se recusarem a perdoar, seu Pai no céu não perdoará seus pecados. Marcos 11:25-26 NVT


Sejam bondosos e tenham compaixão uns dos outros, perdoando-se como Deus os perdoou em Cristo. Efésios 4:32b NVT


Amados, o que vou dizer aqui é forte, mas certamente é para o seu bem: não existe vida cristã sem liberação de perdão, não existe cristianismo sem perdão. A nós não foi dado o cargo de juízes do outro, quando eu não perdoo o outro estou sendo seu juiz e tomando o lugar de Deus. Alguém aí quer tomar o lugar de Deus? Satanás tentou e olha o resultado. Entenda que não estou dizendo que você seja obrigado, por exemplo, a conviver com um estuprador não arrependido, mas precisará liberar o perdão para ele, indiferente do que você pense a respeito. Eu sei que muitas vezes dói liberar perdão, alguns casos são extremos demais, pois pode ter certeza que você ficará muito mais leve e terá muito mais paz quando decidir perdoar. Em um casamento, por exemplo, onde há traição, você cristão tem o dever de liberar perdão, mas graças a Deus não é obrigado a manter o casamento, veja isso: Eu, porém, lhes digo que quem se divorcia da esposa, exceto por imoralidade, a faz cometer adultério. E quem se casa com uma mulher divorciada também comete adultério (Mateus 5:32 NAA). Ou seja, se a separação for por imoralidade causada por parte do outro, você tem respaldo Bíblico para separar-se em paz, mas ainda assim precisará perdoar. E se quiser além de perdoar, manter a relação, também não está errado. É uma decisão pessoal de cada um. O que quero deixar claro aqui é que não importa qual seja a situação, precisamos liberar perdão. Se vamos conviver com o outro ou não isso é uma decisão pessoal, embora em alguns casos sejamos meio que obrigados a conviver por certo tempo.


Amados, não espere sentir vontade de perdoar, pois essa vontade poderá nunca chegar, apenas ore entregue para Deus toda mágoa e toda dor e diga: Pai, eu hoje libero perdão para esta pessoa. Posso te garantir que isso é libertador e vai tirar um peso das suas costas.


Carina Ramos – Ministério Vida