• ministeriovidacwb

Seja agradável a Deus



Aquele que me enviou está comigo; ele não me deixou sozinho, pois sempre faço o que lhe agrada. João 8:29 NVI


Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus. Romanos 8:8 NVI


Portanto, irmãos, rogo pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês. Romanos 12:1 NVI


Procurem descobrir o que agrada ao Senhor. Efésios 5:10 NVT

Mencionei as muitas passagens acima para que pudesse falar sobre o tema ser agradável a Deus. Veja bem o que significam as palavras abaixo:


  • Agradar: ἀρέσκω areskó – esforçar-se para agradar, acomodar-se as opiniões, desejos e interesses de outro. Propriamente satisfazer (fazer bem em algo); ganhar o favor de alguém (carinho, aprovação) porque atende a sua expectativa (especialmente por estar em acordo moral).

  • Agrada: ἀρεστός, ή, όν arestos - satisfatório, aceitável; agradável por estar em acordo moral.

  • Agradavél: εὐάρεστος, ον euarestos – aceitável, agradável especialmente a Deus


Olha que situação interessante, a Palavra nos diz que podemos e devemos ser agradáveis a Deus, podemos agradar a Deus. Veja bem, imagine que um pai tenha dois filhos, o mais jovem faz tudo ao contrário do que o pai pede, é ingrato, respondão, mal-humorado, sem modos e por aí vai, já o mais velho faz tudo exatamente como o pai pede, é amável, ajuda em casa, respeita o pai, dentre outras coisas. O pai aqui continua amando ambos os filhos, é claro, continua sustentando ambos os filhos, pois nenhum bom pai deixaria um filho morrer de fome, mas qual dos dois filhos é mais agradável a esse pai? Certamente aquele que lhe respeita, este filho agrada ao pai e o pai tem nele maior alegria. Agora imagina esta outra cena. João é um cristão amoroso, sempre disposto a abençoar a obra de Deus, faz tudo que Deus o pede para fazer, tem seus erros é claro, mas sempre se arrepende e tem um coração grato e voltado para as coisas de Deus, mas Pedro, seu irmão, é um cristão ingrato, nada para ele está bom, não ajuda ninguém, não ama o próximo, tem dificuldade para reconhecer os próprios erros e muito mais dificuldade para se arrepender deles, não faz o que Deus lhe pede e por aí vai. Deus ama a ambos, morreu na cruz por ambos, vai continuar cuidando e sustentando de ambos, pois são seus filhos, aceitaram a Jesus como Salvador, mas qual dos dois filhos está sendo agradável a Deus?


Amados, entenda bem o que quero dizer, eu não estou dizendo que aquele que faz mais recebe mais de Deus, não é isso, o que quero dizer é que Deus conhece as intenções em nossos corações, quando somos dominados pela carne, natureza pecaminosa que já foi crucificada em Cristo, não podemos agradar a Deus, como está escrito: Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus (Romanos 8:8).


Tudo que expliquei acima é para que agora eu pudesse lhe dizer isso, sua natureza terrena foi crucificada com Cristo na cruz do calvário, se você não tomar posse disso pela fé você continuará vivendo uma vida que desagrada a Deus. Não podemos ter atitudes carnais e esperar que isso seja agradável a Deus, consegue entender isso? Precisamos entender que ao nascermos de novo nós recebemos uma nova natureza, que é santa, justa, reta e pura, e que o Espírito Santo veio habitar em nós, para nos capacitar a viver de forma agradável a Deus. Vejo muitos amados cristãos que nem fazem ideia de que eles nasceram de novo. Deus é santo, quando eu e você nascemos de novo nós nos tornamos santos também, nos tornamos espírito e nosso espírito se torna um com Cristo, precisamos considerar essa verdade e crer nela. Você já é uma nova criação, receba isso pela fé em nome de Jesus. Permita que o Senhor alinhe seus pensamentos e seu comportamento, para que eles sejam compatíveis com a vida do Espírito. Renda-se a um relacionamento pessoal com Deus, leia a Palavra, ore, e seja capacitado a viver de forma agradável a Deus.


Carina Ramos – Ministério Vida