• ministeriovidacwb

Servos ou Filhos?


Como, porém, outrora, o que nascera segundo a carne perseguia ao que nasceu segundo o Espírito, assim também agora. Gálatas 4:29


Esta passagem fala claramente da perseguição entre o crente que nasceu de modo natural, representado pelo filho que Abrão teve com a escrava Agar, que representa a lei. E sobre o filho que nasceu segundo a promessa, Isaque, que representa a graça. O filho gerado de modo natural não pode herdar as promessas do Pai junto com o Filho espiritual. A palavra descreve aquele que vive baseado na lei, no esforço próprio, na justiça própria, de carnal, e aquele que nasceu segundo a promessa de espiritual. O que isso quer dizer na prática, em nossos dias?


Se você crê que seus jejuns, suas horas de oração, seus sacrifícios, suas idas ao monte, seus óleos ungidos, seus objetos consagrados, sua festa judaizante, te tornam uma pessoa melhor, te justificam ou te fazem mais santo, mais espiritual, então você é o filho carnal. Nós somos justificados pela fé e não por nossos esforços.


Hoje nosso esforço é por entrar no descanso de Deus, é por mergulharmos na Palavra de Deus. Nada do que você faça te justifica mais ou menos. Não perca seu tempo. Vejo muitos irmãos amados agindo como servos quando Deus quer tratá-los como Filhos. Nós temos o Espírito do Filho dentro de nós. E isso é suficiente para vivermos uma vida reta e íntegra diante de Deus.


Aquele que vive segundo a lei sempre perseguiu e ainda persegue os filhos espirituais. Querem nos levar outra vez a um jugo de escravidão. Por isso Paulo escreveu:


"Oh Gálatas insensatos como tendo começado pelo Espírito querem agora se aperfeiçoar pelo esforço próprio?" Gl 3:3


Assuma sua identidade de filho.

Assuma sua posição e manifeste a vida de Cristo sobre a terra.


Carina Ramos