top of page
  • ministeriovidacwb

Terrível coisa é



"Terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo!" Hebreus 10:31

Muitos gostam de usar este versículo fora de seu contexto original para acusar outros irmãos, por quaisquer feitos que os desagradem. Mas, vemos claramente que dentro do contexto o texto está se referindo àquelas pessoas que pisaram na graça de Deus, rejeitando o sacrifício de Jesus na cruz do calvário e vivendo deliberadamente em pecado. Veja bem, Jesus foi o sacrifício perfeito, e através desse sacrifício recebemos vida. Rejeitar essa verdade é o mesmo que assinar uma sentença de morte e morte eterna. Logo, terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo quando conscientemente as pessoas rejeitam a graça.

A palavra terrível no original grego é φόβος e significa: assustadora, temerosa, terrível.

Nos versículos 28 e 29 do mesmo capítulo lemos: "Quem rejeitava a Lei de Moisés morria sem misericórdia pelo depoimento de duas ou três testemunhas. Quão mais severo castigo, julgam vocês, merece aquele que pisou aos pés o Filho de Deus, profanou o sangue da aliança pelo qual ele foi santificado e insultou o Espírito da graça?"

Neste contexto, Terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo. Antes, o povo de Deus era regido pela lei de Moisés e quem a violava era réu de morte. Hoje, como povo de Deus, somos regidos pela graça, por isso o escritor aos Hebreus é enfático em sua pergunta: Quão mais severo castigo, julgam vocês, merece aquele que pisou aos pés o Filho de Deus, profanou o sangue da aliança pelo qual ele foi santificado e insultou o Espírito da graça?

Que Deus nos conduza à Verdade, recebendo-a dentro de seu contexto original e não usando-a ao nosso bel prazer.

Carina Ramos - Ministério Vida

bottom of page