• ministeriovidacwb

Você é um cooperador de Deus ou um obstáculo para o evangelho?




O zelo que tenho por vocês é um zelo que vem de Deus. Eu os prometi a um único marido, Cristo, querendo apresentá-los a ele como uma virgem pura. O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo. 2 Coríntios 11:2-3 NVI


A nossa mente tem um papel fundamental em nossa caminhada cristã. Conforme está escrito em Romanos, a estrutura mental de uma pessoa pode conduzi-la à morte ou à vida. Leia comigo:


A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz. Romanos 8:6 NVI


Perceba que nos versículos de 2 Coríntios, o apóstolo Paulo tinha um zelo com a igreja, o cuidado dele era para evitar que os irmãos fossem enganados e a MENTE deles se corrompesse e eles se desviassem da sincera e pura devoção à Cristo.


Amados, o intuito de Satanás é enganar os filhos de Deus para que eles não permaneçam inteiros em Deus, e uma das armas que o inimigo mais utiliza são os argumentos que se levantam contra o conhecimento de Deus, com o propósito de ludibriar os cristãos. Precisamos compreender que nossa mente tem papel fundamental em nossa caminhada com Cristo. Nossos pensamentos se transformam em argumentos e em decisões (atitudes). Uma maneira errada de pensar pode levar um filho de Deus ao engano, fazendo com que ele se desvie da sincera devoção a Cristo Jesus. Não podemos negligenciar tudo isso. Não podemos alimentar nossa mente com a sabedoria do mundo, não devemos nos amoldar ao padrão desse mundo perverso, devemos lutar no Senhor para manter nossa mente cativa e obediente a Cristo. Na própria carta aos Coríntios, Paulo nos ensina como devemos lutar, leia comigo:


As armas com as quais lutamos não são humanas; ao contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo. 2 Coríntios 10:4-5 NVI


Nossas armas em Deus destroem fortalezas. Sabe o que são fortalezas? São aqueles pensamentos firmes dos quais acreditamos, mas que não são a verdade. As armas de Deus destroem fortalezas, argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus. Esses argumentos e pretensões são tentativas de Satanás de nos aprisionar nas situações, de nos fazer fixar nossos olhos no caos desse mundo aqui. Mas o intuito de lutarmos com as armas de Deus é: LEVAR CATIVO TODO PENSAMENTO E TORNÁ-LO OBEDIENTE A CRISTO.


Não podemos deixar nossos pensamentos soltos por aí. Deus nos deu duas armas poderosas para levarmos uma vida que exalte a Cristo. Uma delas é de defesa: é o ESCUDO DA FÉ. Com o escudo nós apagamos todos os dardos inflamados do maligno. Esses dardos são os argumentos e pretensões que se levantam contra Deus. Ao invés de deixar sua mente pensar e acreditar no que seus olhos naturais enxergam, levante seu escudo e deixe sua mente pensar e acreditar na Palavra de Deus. Para isso você precisa conhecer a Palavra, então saia do marasmo e dedique-se ao estudo das Escrituras. A outra arma é de ataque, como está escrito em Efésios: A ESPADA DO ESPÍRITO. Essa espada é a Palavra de Deus. A Bíblia não é apenas um livro de contos de fadas. O evangelho de Cristo Jesus não é apenas um conto da carochinha. Conheça a Palavra de Deus, confie Nela, creia, declare as verdades da Palavra. Jesus lutou contra os argumentos de Satanás no deserto usando a Palavra de Deus. Por isso está escrito: SUBMETA-SE A DEUS, resista ao Diabo e ele fugirá de vocês (Tiago 4:7). Também está escrito: Vençam as tentativas do Diabo PERMANECENDO firmes na fé (1 Pedro 5:8-9). Comece hoje mesmo a encher sua mente com a verdade da Palavra. Creia no que está escrito. Creia na sabedoria de Deus e não na sabedoria do mundo. Cristo é manifestado nesse mundo por nosso intermédio, nós somos os seus embaixadores aqui na terra, por isso permita que o Espírito Santo conduza sua mente. Seja um cooperador de Deus e não um obstáculo para o evangelho.


Katiany Lins – Ministério Vida