• ministeriovidacwb

O Deus que cura




A obra salvífica de Deus inclui salvação da pessoa por completo, corpo, alma e espírito; e não apenas alma e espírito. Isso significa que meu corpo também recebe os benefícios da salvação. Se Deus não se importasse com nosso corpo não haveria necessidade de ressuscitá-lo, poderíamos viver eternamente na presença Dele como espíritos. Mas Deus se preocupa com nosso corpo também. Esse corpo terreno hoje é morada do Espírito Santo de Deus, quer maior importância que isso? Isso no mínimo significa que esse corpo terreno tem direito a saúde mental e física, pois a cura foi conquistada na cruz do calvário para a pessoa inteira e não apenas para uma parte de nós. Entende o que quero dizer? Não devemos nos conformar com a doença. Mesmo quando estivermos enfrentando alguma doença devemos manter nossa fé na realidade de que Deus cura, ainda que tomemos remédios humanos por algum tempo devemos manter a fé de que Deus cura. Ele não mudou. Ele é o mesmo. A cura é algo que ainda não compreendemos totalmente, mas cremos. Mantemos nossa fé em ação, sabendo que Deus cura qualquer enfermidade. Entende isso? Se trata muito mais daquilo que creio do que daquilo que Ele pode fazer. Às vezes passamos por doenças e por esta razão começamos a duvidar da realidade de que Deus cura. Devemos manter a mesma fé, indiferente das circunstâncias. Eu creio hoje que Ele cura, eu crerei amanhã e crerei até chegar ao céu. Não deixe as circunstâncias alterarem sua fé na obra de Cristo Jesus na Cruz do Calvário. Ele é o Deus que cura. Ele já venceu a morte. Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Creia nisso, essa é a verdade, indiferente do que estejamos enfrentando, a Verdade não muda.


Carina Ramos - Ministério Vida